Após manifestação da torcida, Ceará desiste de contratar goleiro acusado de agressão

Torcedores do vovô criam a hashtag #JeanNoCearáNão para protesto nas redes sociais

Após manifestação da torcida, Ceará desiste de contratar goleiro acusado de agressão

Foto: Reprodução

A diretoria do Ceará confirmou para o Diário do Nordeste que desistiu de contratar o goleiro Jean, acusado de agredir a esposa em dezembro. O jogador pertence ao São Paulo. O recuo na contratação aconteceu depois de parte da torcida alvinegra se posicionar contra  o atleta nas redes sociais através das hashtags  #jeanNão e #JeanNoCearáNão.

 O Ceará busca por um goleiro em 2020, Jean era um dos nomes cotados para o elenco da nova temporada. Caso a transferência fosse concretizada, o São Paulo emprestaria o goleiro e arcaria com parte  do salário  do jogador.

Confira algumas reações:

Acusação

No dia 18 de dezembro de 2019, Jean foi detido em Orlando, Estados Unidos, durante uma viagem de férias com a família. O goleiro foi acusado de agredir a esposa, Milena Bemfica, com oito socos. Milena postou nas redes sociais um série de vídeos, com o rosto machucado, pedindo ajuda e acusando o marido de agressão.

Através de nota oficial, o São Paulo afirmou que “não tolera e não admite episódios como os que foram noticiados hoje, de violência contra a mulher” e rescindiu o seu contrato.


Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Rayssa Leonel
Carregar Mais Em Esporte

Sobre Rayssa Leonel

Graduada em Jornalismo pela UFCA - Universidade Federal do Cariri. Pesquisadora e caririense bem orgulhosa.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!